Rodagem da Salamandra, Lenha e Amolador

Durante esta semana temos vindo a fazer a rodagem da nova salamandra de forma a fixar a foligem nas tubagens para isolar o sistema de fumos e para libertar as colas e tintas normais das primeiras queimadas. Esta salamandra por ser muito pequena também requer lenha miúda para poder queimar e pegar bem. Para isso temos dado uso às nossas velhinhas podoa e machadinha. Á semelhança do que me acontecia em criança, esta semana ouvi o apito do amolador e decidi investir nesta troca local e incentivo a um ofício tradicional. Tratei de cuidar das minhas ferramentas manuais. As facas, o machados, a podoa e a gadanha ganharam uma nova vida! É assim, com gestos simples, que podemos manter vivo um ofício e arte de baixa pegada ecológica, que utiliza um mecanismo manual livre de electricidade e cuja deslocação e transporte das ferramentas móveis é feita de bicicleta e independente de combustíveis fósseis.

P.S. – Com a salamandra a mandar o frio embora, os lanches ao final do dia têm sido feitos no Abrigo Hobbit! 😉

Advertisements