Mesa Zen Colapsável de Arrumação Vertical

Hoje construímos a nossa mesa zen colapsável para a carrinha, concebida totalmente com materiais reutilizados e até os parafusos e porcas são usados. É utilizada connosco sentados e terá como função principal tomarmos as nossas refeições, trabalharmos no computador ou servir de base/suporte/tabuleiro a partir do exterior, quando utilizada na sua posição fechada. Além de todas estas vantagens não ocupa praticamente espaço nenhum pois será em breve, armazenada verticalmente na traseira do banco do passageiro no recentemente criado painel de OSB! 😉

 

 

Debulhando Grão e Feijão

A pequenota cá de casa adora apanhar caracóis, debulhar grão e estes nossos primeiros feijões. Está a ficar uma especialista e a tomar contacto com todo o ciclo das plantas, com o cheiro e a textura de cada uma delas bem como das suas vagens e sementes. Ainda hoje o cheiro intenso e doce dos tomateiros me trouxe memórias de infância que embora tenha sido vivida na cidade, me remete para a horta que o meu pai teve quando eu era pequeno. Estas são as nossas primeiras sementes completamente adaptadas ao nosso espaço e passarão a fazer parte do nosso banco de sementes para serem utilizadas no próximo ano! As pêras continuam a crescer na árvore e nós à espera que estejam prontas para as apanharmos. A foto é apenas de um ramito! 😉

 

Novo Gavetão e Sanita Seca no Sistema Modular Amovível

Os últimos dois dias têm sido de imenso trabalho criativo a reutilizar materiais e a usar sobras para conseguirmos avançar com os restantes espaços do sistema modular amovível que estamos a construir para a carrinha. Criámos o segundo Gavetão e a Sanita Seca a incorporar num dos dois gavetões interiores que ainda não construímos. Como se vê nas imagens está tudo impecável e à medida. O gavetão de cozinha/despensa já se encontra em funcionamento e já foi testado ontem! A sanita seca portátil e amovível cabe perfeitamente no interior dos gavetões mas foi uma trabalheira danada fazer todos os ajustes, cortes e encaixes para o balde no tampo personalizado! 😉

Desenvolvimento da Espiral das Três Irmãs

Temos estado mais atentos ao desenvolvimento do milho fora e dentro do sistema de espiral em consociação com feijão e abóbora, para conseguirmos perceber as grades vantagens. Independentemente dos resultados finais, neste momento percebemos que em cinco semanas passámos de plântulas pequeninas a plantas maduras, quase prontas a reproduzir. O feijão neste sistema, cresceu muito mais do que aquele que plantámos afastado do milho e a abóbora começa agora a desenvolver-se e a cobrir o solo.  Temos várias sementes de milhos diferentes, plantadas em diferentes semanas e estamos desejosos de ter na mão as nossas primeiras massarocas adaptadas para podermos plantar ainda mais quantidade no próximo ano. Os que foram plantados há mais tempo já se estão a reproduzir como se vê nas imagens! 😉

Antes e Depois:

Feijão a trepar pelo milho / Inflorescência Feminina(espiga) / Inflorescência Masculina (Pendão)

Planeamento ao Detalhe para Aproveitamento de Sobras e Material Reutilizado

Nos últimos dias temos avançado com o projecto modular móvel para a carrinha. Nesta fase apenas reutilizamos material ou usamos sobras para concebermos as restantes características que pretendemos incorporar na carrinha. Criámos e fixámos painéis de madeira na traseira do lugar do condutor e passageiro para podermos mais facilmente migrar o nosso sistema de geração de energia móvel de casa. Sempre que o projecto esteja na estrada, temos connosco o mesmo sistema de energia composto pelo painel fotovoltaico, o sistema controlador de distribuição e a bateria.

Na traseira do banco do passageiro iremos incorporar uma mesa colapsável que poderá ser tirada e recolocada, ficando armazenada verticalmente para não ocupar praticamente espaço.  Tudo está a ser aproveitado ao pormenor daí termos de ir com calma e planeando de acordo com as medidas de material que temos disponível. Também as cortinas estão a ser feitas a partir de retalhos de pano que nos foi oferecido.

Depois do planeamento base em 3D, hoje já avançamos para a construção efectiva do primeiro gavetão que será utilizado para cozinhar, como louceiro e despensa! 😉 Foram montadas as corrediças e instalado em definitivo este módulo de cozinha/despensa! 😉

Compostores e Resultados Práticos

Hoje vazámos pela segunda vez um dos compostores mais antigos, separando alguma palha não compostada nos rebordos e topo, que serviu de cobertura de solo para várias árvores. A restante matéria, foi arejada, molhada e adicionada ao composto finalizado que temos utilizado nos vasos, covetes de germinação e na horta, mas que vai ficar em repouso durante alguns dias para o peneirarmos.

Criámos ainda um novo compostor entre a oliveira e a alfarrobeira. Esperamos que as mesmas se desenvolvam mais rápido e se mantenham nutridas. Esse foi o resultado que observámos nas duas ameixeiras e pereira que estão entre os compostores iniciais e que estão carregadas de fruta neste momento. O Sabugueiro que lá temos ao lado, cresceu uns 500% desde que foi plantado ao lado do compostor, já deu imensa flor e está agora a dar bagas! 😉