Frio, Vento e Chuva! Tempo para Gordices

Com o clima dos últimos dias, nada como ficar por casa e aproveitar o calor da salamandra para fazer papas de aveia, café, chá, pão, pizzas e biscoitos. Aproveitámos ainda para moer sementes de linhaça com o nosso moinho manual e utilizarmos o resultado como substituto do ovo nas nossas aventuras gastronómicas naturais e não processadas! 😉

Anúncios

Conter Estragos dos Últimos Dois Dias

Durante os dois últimos dias as condições meteorológicas têm vindo a agravar-se e este ano fomos mais uma vez  fustigados pela chuva, pelo frio e pelo vento de Sudoeste e Norte! Parece que ao final do dia de hoje tudo irá melhorar, mas desde esta manhã que temos andado na rua a conter os estragos. Não houve nada de grave mas apenas situações chatas. O Portão de acesso a veículos cedeu e a barra de aço que ajudava a mantê-lo fechado dobrou como se vê na imagens. O Physalis foi bastante afectado ficando a planta quase toda destruída, as bananeiras ficaram um pouco “despenteadas” tal como muitas outras plantas pelo espaço. Vários elementos foram projectados pelo vento, os quais tivemos  de voltar a recolher. O nosso toldo provisório teve de ser libertado num dos pontos de fixação pois a força à qual estava a ser sujeito poderia ter comprometido a estrutura do telheiro / cozinha exterior durante a noite de ontem. Acabámos por recolhê-lo hoje depois do almoço, para não se danificar ainda mais. A precipitação e o frio trouxeram o granizo bem forte durante toda a noite e manhã, ficando este acumulado em algumas partes do telhado do yurt que tivemos de limpar. O vento de Norte, ajudou à festa e trouxe também o granizo para dentro da cozinha exterior. De manhã havia granizo por todo o lado, inclusive na consola de cozinha, mesa, chão e fogão. A dorna de 1000l está quase cheia pela terceira vez este ano e apenas tivemos algumas gotinhas a entrar pela cúpula do yurt e pela janela do abrigo hobbit, pois estavam mesmo a ser empurradas pelo vento que estava a “soprar” fortíssimo. As WC’s exteriores não tiveram qualquer infiltração felizmente. Do mal o melhor! É questão de continuarmos atentos, mas foram dois dias perdidos de volta disto.

Captura de Água da Chuva e Pequenas Infiltrações

Durante este fim de semana fomos fustigados com uma valente carga de água. Choveu imenso por aqui e ainda por cima a precipitação veio puxada a vento vindo do mar. Não houve grande hipótese para conter a natureza no nosso wc móvel, pois a chuva foi lentamente infiltrando entre a madeira da forra e a janela, provocando o aparecimento de algum escorrimento e gotas de água no interior. Felizmente conseguimos controlar a situação e verificar onde deveremos atacar esta semana reforçando os silicones na junções de maneira para minimizar estragos no futuro. Estes trabalhos de manutenção são necessários e tal como cobrir as superfícies com protector de madeira é essencial fortalecer os pontos onde as madeiras se encontram. Para terem a noção em 9 metros quadrados de superfície de telheiro capturámos na nossa dorna cerca de 800 litros entre Sábado e Domingo. A Dorna encheu completamente com a captura deste precioso mas também destrutivo bem! 😉 Logo de seguida acendemos a bailarina a lenha no interior do wc para os banhos, o que ajudou a libertar a restante humidade que possa ter ficado na madeira.

Preparação para o Inverno – Protecção da Madeira

Durante os últimos dias andámos ocupados também com a aplicação de protector de madeira nos nossos conceitos. O Sol, a humidade e a chuva directa têm um poder que não deve ser subestimado. Depois de escovada a madeira e limpa com um pano levemente humedecido, aplicámos uma solução aquosa incolor própria para exteriores em todo o abrigo hobbit, e em secções do wc atrelado, reduzindo o impacto dos elementos durante o próximo inverno. Na concepção de um espaço deverá ter-se sempre em atenção que os materiais dos conceitos deverão ser mantidos. Qualquer investimento material fica com a sua durabilidade comprometida caso estas tarefas não sejam realizadas anualmente antes da época da chuva. É muito importante que as soluções de manutenção sejam passíveis de serem aplicadas por nós, evitando desta forma gastos desnecessários com mão de obra externa! 😉

Primeiras Chuvas – Preparação para o Inverno

Ao chegarem as primeiras chuvas de Outono a natureza começa de novo a despertar. As plantas desenvolvem-se e começam a tomar forma, preparando o solo para receber e infiltrar a água que aí vem. As lagartas alimentam-se da planta que a sua borboleta irá polinizar na primavera e as formigas andam freneticamente a arrecadar alimento, preparando as suas reservas para o inverno e ajudando no plantio de sementes que irão fixar nutrientes no solo. Tal como elas, também nós estamos a tomar as devidas precauções para termos assegurada a protecção dos nossos elementos e espaços da água que irá cair nos próximos meses.

No Domingo passado recebemos a visita de amigos que já são da casa, os nossos amigos João e Karolien, que nos trouxeram além da sua companhia, ofertas muito úteis, que agradecemos de coração e que vieram mesmo a calhar! 😉 As duas capas de bicicletas que se lembraram de nos trazer, já estão colocadas e as bicicletas preparadas para as próximas chuvas! Obrigado amigos! 😉

 

Forra de Madeira

De manhã andámos à procura de uma forma de podermos concluir o telhado. Parece que devemos receber o policarbonato durante o dia de amanhã. Durante a tarde de hoje aproveitámos o dia de sol para concluir a parede frontal com a forra final de madeira.

Amanhã parece que chove todo o dia, mas na sexta melhora. Se tudo correr bem, ainda esta semana vamos conseguir concluir o telhado, assentar o chão, unir as paredes e iniciar a forragem das três restantes paredes. Está quase! 😉

Amanhã continuaremos a ter o sistema de captura e armazenamento de água da chuva no seu nível máximo, ou seja, com 1000l deste precioso recurso! 😉

Materiais da WC Seca

Hoje o dia foi longo e trabalhoso! Iniciámos a preparação da pequena área que receberá a WC seca complementar ao abrigo hobbit e que será utilizada pelos visitantes ao Projecto. Tratámos de nivelar o solo, retirando as ervas e aproveitando para separar e recolher urtigas para chá e sementes. Aproveitámos ainda para retirar do espaço mais algumas raizes de canas e bolbos de jarros. A restante matéria orgânica foi colocada no compostor e também como cobertura de solo nos canteiros das árvores de fruto que temos no espaço. Deixámos uma base plástica no chão para evitar a humidade excessiva devido à chuva dos próximos dias.

Separámos e organizámos tijolos e pedras que serão utilizados no sistema de sapatas do novo conceito móvel. Logo depois do almoço o nosso amigo João teve a possibilidade de cá dar um salto para nos trazer os materiais para darmos início à construção desta WC seca desmontável que dividir-se-á em seis peças. Ainda fomos a tempo de reservar os materiais e protegê-los da chuva.

Em relação à placa OSB, esta foi marcada e dividida em duas peças exactamente iguais, a partir das quais iremos fazer o chão e o telhado do conceito, utilizando para isso uma única peça standard de 2500mmx1250mm. Posteriormente as duas partes foram devidamente armazenadas no nosso telheiro / cozinha exterior para protecção. Amanhã há mais! 😉